Vencedor hádoc 2017

 
 
 
 
 

FRÁGIL EQUILÍBRIO

de Guillermo García López

Delicate Balance | 81’ | Espanha | 2016 | m/12

 
 

O hádoc tem o prazer de anunciar o vencedor absoluto da edição 2017: “Frágil Equilíbrio”, de Guillermo García López, que assim arrebata os dois prémios a votação no festival, o do público e o do júri.
A par do prémio no valor de 1500 euros atribuído ao vencedor, o hádoc irá ainda apresentar o filme numa sessão gratuita ao ar livre no Jardim da Vala Real, em data ainda a anunciar. Além da exibição em tela, contamos ter presente o realizador para uma sessão de perguntas e respostas.

Relativamente à votação do público, tal como consta na página principal, a pontuação ficou ordenada da seguinte forma:

  • Connector.

    Frágil Equilíbrio - 8,93

    “Delicate Balance”, de Guillermo García López

  • Connector.

    Dia da Libertação - 8,38

    “Liberation Day”, de Ugis Olte e Morten Traavik

  • Connector.

    Sem Esconderijo - 8,35

    “Nowhere To Hide”, de Zaradasht Ahmed

  • Connector.

    A Teoria Sueca do Amor - 8,14

    “The Swedish Theory Of Love”, de Erik Gandini

  • Connector.

    Gimme Danger - 7,76

    “Gimme Danger”, de Jim Jarmusch

  • Connector.

    O Êxtase de Wilko Johnson - 7,72

    “The Ecstasy Of Wilko Johnson”, de Julien Temple

  • Connector.

    O Último a Rir - 7,10

    “The Last Laugh”, de Fernie Pearlstein

 

Leave a Comment